Saúde Financeira

GESTÃO SEM ÔNUS

Além de a atual administração da Prudenco promover a contestação judicial de dívidas passadas, sempre que possível, e efetuar R$ 26,5 milhões em pagamentos de dívidas herdadas, era muito importante que a companhia não gerasse novas dívidas ou prejuízos financeiros.


Assim, a folha de pagamentos que em 2009 comprometia 107% do orçamento, em 2015 representa 49% do faturamento. Dentre os esforços para não gerar novas dívidas, é importante ressaltar que, nesta administração, a Prudenco não recebeu nenhuma multa que representasse aumento para a dívida da companhia. E que a empresa, em 2015, contabilizou um lucro de R$ 1,9 milhões.