Sedepp e Prudenco orientam comerciantes sobre uso correto das lixeiras subterrâneas

Assessoria de Imprensa Prudenco

12/01/2016

 Com o objetivo de orientar os comerciantes em relação ao uso das 30 lixeiras subterrâneas, a Prudenco (Companhia Prudentina de Desenvolvimento) contará com o apoio da Sedepp (Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Presidente Prudente) que ficará responsável pela fiscalização. A iniciativa de cunho educativo teve início nesta semana com as primeiras visitas aos comerciantes. Na ocasião, o fiscal da Sedepp fornece esclarecimentos sobre a liberação das lixeiras, as formas de acondicionar os lixos, bem como separação dos materiais recicláveis e orgânicos.

Conforme o responsável pelo Departamento de Fiscalização do Comércio e Feiras Livres, Adriano Calixto, a principal orientação aos comerciantes é sobre a importância de fracionar os lixos em embalagens menores e mais resistentes. “O objetivo de separar em embalagens menores é para que possam passar na boca do tubo de inox que conduz ao contêiner”, explica. Segundo ele, primeiras visitas foram feitas aos proprietários de lanchonetes do Calçadão, nesta última segunda-feira (11/01).

O trabalho de orientação em relação ao uso das lixeiras subterrâneas deverá ocorrer durante o mês de janeiro e se for preciso será estendida até fevereiro, adianta Calixto. Após conversar com proprietários de lanchonetes, o próximo passo será os lojistas do Calçadão da Maffei e de todo quadrilátero central. Já que podem se beneficiar no uso das lixeiras. A Sedepp com apoio da Prudenco pretende elaborar folders educativos com orientações sobre o descarte de lixo nas lixeiras subterrâneas.

A princípio o trabalho consistirá numa proposta educativa que visa orientar os comerciantes, do Calçadão, Camelódromo e do Parque do Povo. Já na próxima etapa serão aplicadas advertências aos comerciantes, que descartarem incorretamente o lixo. A Sedepp pretende disponibilizar um fiscal no período do fechamento do comércio, para acompanhar o descarte do lixo. Caso seja observado o uso incorreto será aplicada advertência ao comerciante. Se o desrespeito persistir o comerciante reincidente poderá até receber multa.

As novas lixeiras foram liberadas para uso no dia 18 de dezembro de 2015. As 30 lixeiras foram instaladas em pontos de grande fluxo de descarte de lixo, como Calçadão da Maffei, Camelódromo, Praça Monsenhor Sarrion da Igreja Catedral e o Parque do Povo.  Os contêineres têm como objetivo modernizar e otimizar o sistema de limpeza pública do município, que é realizado pela Prudenco

Outras Notícias