“ACREDITO QUE A VARRIÇÃO É UMA PROFISSÃO MUITO IMPORTANTE”

17/05/2018

             

            Em homenagem ao Dia do Gari, entrevistamos a colaboradora Elza Alves de Oliveira, de 56 anos. 

         Elza nasceu e reside em Presidente Bernardes e viaja todos os dias para Presidente Prudente, onde exerce a profissão de varredora na Prudenco – Companhia Prudentina de Desenvolvimento. É colaboradora desde 2011, antes de ser varredora trabalhou como costureira.

É com muita energia que ela levanta todos os dias as 4h da manhã, para entrar no serviço as 7h. Sua rotina é ir ao ponto de apoio, tomar café e iniciar os trabalhos de varrição no Bairro Bongiovani.

Quando questionada se acredita que as pessoas deveriam ser mais conscientes com relação ao lixo que produzem, ela relata: “Sou responsável pela varrição das guias, as calçadas são responsabilidade dos moradores, e muitos não sabem diferenciar o que é responsabilidade nossa, as pessoas não respeitam o meio ambiente, quem dirá o profissional da limpeza pública. O que é errado, claro!”.

Ela acredita que hoje existe menos preconceito com a profissão, mas que isso não diminui a falta de responsabilidade das pessoas em descartar o lixo da maneira correta. E conta: “Mesmo diante dos desafios, eu gosto da minha profissão e acredito que os desafios fazem parte da vida. A vida é feita de desafios!”.

E reforça: “A varrição é uma profissão importante, pois sem ela não existiriam ruas limpas, não teríamos uma cidade limpa”.

Perguntamos para a Elza, quem é ela fora da Prudenco, e ela responde: “Sou mãe de duas filhas, meus planos para o futuro é manter as duas estabilizadas, tenho uma de 25 anos e uma de 22, eu auxílio as duas trabalhando nessa profissão”.  Nas horas vagas a Elza passeia bastante e adora sair para dançar!


            Fica aqui, nossa homenagem para Elza Alves de Lima, colaboradora da Prudenco.

 

 

Outras Notícias